Segunda-feira, 22 de Maio de 2017

Patrulhando

G3 e sacos no Unimog prontos para mais uma patrulha e pelos sacos deveria ser por muitos dias. O Unimog levava-nos até um local determinado, regressava ao quartel e nós seguíamos rumo ao objectivo.

Nos sacos levávamos as rações de reserva para vários dias, o poncho (impermeável para nos proteger do frio e da chuva) e por vezes um saco cama.

Dormíamos onde calhava, até debaixo dos cafeeiros sujeitos a sermos mordidos por essa cobra venenosa, a mamba verde que se encontrava muito nesses locais.

E com chuva, com o terreno enlameado, com o perigo à espreita pois nunca se sabia se era a nossa vez de levar com o chumbo, lá íamos muitas vezes durante uma semana, por aquela floresta, até sermos recolhidos outra vez.


publicado por marius70 às 20:42
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Furriel Lima

. A Fossa

. Tchinguinguili

. Noite de Luz - Natal 73

. Nada Mudou

.arquivos

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Março 2017

. Junho 2016

. Novembro 2011

. Fevereiro 2011

. Setembro 2009

. Setembro 2008

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds